sábado, 27 de outubro de 2012

Sábado cheio de Graça! Salve Graciliano.

 
 
                    Hoje Graciliano Ramos faria 120 anos,  quem me conhece sabe do quanto gosto do alagoano fumante inveterado, apreciador de cachaça e chatão. Falar a respeito de Graciliano Ramos?  vou nada! vários jornais e revista fazem isso hoje. Todos com mais capacidade. Não quero me aventurar de expert em literatura e acabar cometendo faltas, enganos absurdos. Aqui no Recife ao velho Graça vão ser dedicadas as próximas segunda e terça-feiras de um seminário na Academia Pernambucana de Letras, público pequeno pela pouca divulgação e pouco movimentar-se da APL em direção ao público.  Fico feliz em saber que no Rio de Janeiro a Flip   deu o ar de  sua graça e dedicou  sua feira ao autor. A Flip de 2013 homenageará Graciliano Ramos. Palmas para Paraty.

Três lançamentos marcam os 120 anos de nascimento de Gracilianos Ramos:

O Velho Graça (Ed.boitempo)
Biografia ampliada - Dênis de Moraes

Box contendo: Caetés,São Bernardo, Angústia e Vidas Secas 
(4 primeiros romances de G.R)-Ed.Record 








Garranchos -Ed.Record - coletânea de inéditos, 
organizada por:Thiago Mia Salla, contendo contos da adolescência de G.R, artigos nunca publicados e uma peça teatral.









Não deixe de ler: http://livroerrante.blogspot.com.br/2011/10/graciliano-ramos-politico-como.html