sexta-feira, 1 de setembro de 2017

O Joelho Juvenal:BiblioTheo

     Tanto quanto um cãozinho ou um gato os livros são ótimas companhias para as crianças. 
   Qual é a criança que não tem curiosidade por aquelas páginas desenhadas?  
     Qual a delas não quer ouvir seguidas vezes a mesma história sem que o adulto leitor mude nenhuma linha da narrativa? 
      Qual a criança que não quer redesenhar (tudo bem, fazer garatujas) ou até mesmo recortar a história?  










Faz parte de uma serie  em que o autor fala de alguma parte do corpo.  Juvenal, é bem feliz. Pertence a um garoto que como toda criança, está sempre em movimento. é feliz como e com o menino.  Adora andar por aí e correr porque sente a brisa. O Joelho Juvenal conversa com o cotovelo.  Frequentemente fica esfolado vítima de alguma queda do garoto.  Nota que o menino cresceu quando perde a visão das coisas porque o menino já não vive de shorts e ele, o joelho, fica no escuro dentro da - agora mais constante - calça. Daí tem um pedido a fazer.  Que será, que pede o Juvenal?
      

      Ziraldo foi parceiro de meus  filhos a agora, com O Joelho Juvenal, está na casa de meu netinho fofo, um bom leitor e cujo Juvenal já sofreu vários esfolados como o do livro.
 O Joelho Juvenal
Ed. Melhoramentos, 1983 
BiblioTheo