sábado, 27 de setembro de 2008

Machado de Assis - palmas para ele


Este blog não pode falar de Machado de Assis; seria obvio e até obrigatório, mas o autor é grande demais. Machado de Assis só cabe dentro de sua própria obra. No nosso encantamento também, claro.

Obra completa de Machado de Assis é lançada em formato digitalEm homenagem ao centenário da morte de Machado de Assis, o Ministério da Educação lançou na última terça-feira (23), no Rio de Janeiro, a obra completa do autor em formato digital. São 243 arquivos, que incluem livros como Dom Casmurro, Memórias Póstumas de Brás Cubas, Quincas Borba e Esaú e Jacó. O lançamento fez parte da abertura da exposição sobre o autor na Biblioteca Nacional.

A versão digital das obras é resultado de uma parceria entre o Portal Domínio Público, do MEC, e o Núcleo de Pesquisa e Informática, Literatura e Lingüística (Nupill), da Universidade Federal de Santa Catarina. 'Além de comemorar o centenário, nosso objetivo foi o de tornar acessível aos usuários da internet a obra completa, separada por gênero e em ordem cronológica, em edições confiáveis e gratuitas', afirmou o coordenador do portal, Marco Antônio Rodrigues. O ministro da Educação, Fernando Haddad, será representado pelo subsecretário de Assuntos Administrativos, Espártaco Madureira Coelho.

Para facilitar o acesso ao acervo digital, será lançada também uma página na internet (<
http://webhmg.mec.gov.br/massis/>), na qual estarão disponíveis arquivos sobre o autor; teses e dissertações de autores contemporâneos de Machado de Assis; bibliografia, elaborada por Galante de Souza para a Revista do Livro, do Instituto Nacional do Livro, em 1958, além de um vídeo produzido pela TV Escola. A página apresenta ainda uma relação de endereços eletrônicos que contêm material sobre o escritor.