sexta-feira, 18 de abril de 2008

18 de Abril - dia do livro infantil


Esta data foi escolhida como dia do livro infantil porque é o dia no nascimento de Monteiro Lobato, maior nome do gênero infantil do país.
Mesmo quem jamais leu algum de seus livros, conhece de alguma forma suas criações ou,no mínimo, lembra da musica de todas as manhãs na voz de Gilberto Gil, pela TV Globo nos anos 80:


Sítio do Pica-pau-amarelo
Gilberto Gil
Marmelada de banana
Bananada de goiaba
Goiabada de marmelo
Sítio do Pica-pau-amarelo
Sítio do Pica-pau-amarelo
Boneca de pano é gente
Sabugo de milho é gente
O sol nascente é tão belo
Sítio do Pica-pau-amarelo
Sítio do Pica-pau-amarelo
Rios de prata, piratas
Vôo sideral na mata
Universo paralelo
Sítio do Pica-pau-amarelo
Sítio do Pica-pau-amarelo
No país da fantasia
Num estado de euforia
Cidade polichinelo
Sítio do Pica-pau-amarelo
Sítio do Pica-pau-amarelo.


Lobato, mais conhecido como autor infantil, também escreveu para adultos:


O Saci Pererê: resultado de um inquérito (1918)
Urupês (1918)
Problema vital (1918)
Cidades mortas (1919)
Idéias de Jeca Tatu (1919)
Negrinha (1920)
A onda verde (1921)
O macaco que se fez homem (1923)
Mundo da lua (1923)
Contos escolhidos (1923)
O garimpeiro do Rio das Garças (1924)
* O Choque das Raças ou O Presidente Negro (1926)
Mr. Slang e o Brasil (1927)
Ferro (1931)
América (1932)
Na antevéspera (1933)
Contos leves (1935)
O escândalo do petróleo (1936)
Contos pesados (1940)
O espanto das gentes (1941)
Urupês, outros contos e coisas (1943)
A barca de Gleyre (1944)
Zé Brasil (1947)
Prefácios e entrevistas (1947)
Literatura do minarete (1948)
Conferências, artigos e crônicas (1948)
Cartas escolhidas (1948)
Críticas e outras notas (1948) Cartas de amor (1948)


*Presidente Negro
re-editado pela Globo Editora


Leia também:
http://livroerrante.blogspot.com/2011/04/dia-nacional-do-livro-infantil-2011-1.html