quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Dalton Trevisan, Casimiro de Abreu e meu vizinho.


        É de Dalton Trevisan, ví agora, o conto  mais acessado nesses  5 anos. Clínica de Repouso   me surpreendeu porque foi uma postagem em que não pus marcadores, nem anunciei em lugar algum.  Tenho  mais textos de Dalton no blog e meu preferido é Ponto de Crochê. que pela quantidade de acessos, não é preferência para a maioria. 

A estatística do blog indica que as poesias são mais acessadas que contos e crônicas, isso eu não esperava.   A poesia campeã é  A Ternura, de Álvaro Pacheco. Encontrei por acaso esse poema num livro bem velhinho.. O autor é do Piaui e só conheci por causa desse poema realmente terno.  Outras duas poesias bateram recorde de visitas: Juriti, de Casimiro de Abreu e uma de Gregório de Matos... deixa ver o que anotei...Epigrama !!

Tive muito prazer em postar aqui um poema que eu adorei e foi enviada pelo autor, César Feitoza, meu vizinho do andar de cima. Ele é de uma região de poetas repentista e cantadores de Pernambuco. Vale conferir  Matutando O Que É Você.