segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Off Price, Ferreira Gullar

Ferreira Gullar - Imagem Letícia Moreira-Folha Press
Que a sorte me livre do mercado
E que me deixe
Continuar fazendo (sem o saber)
            fora do esquema
            meu poema
inesperado

            e que eu possa
            cada vez mais desaprender
            de pensar o pensado
e assim  poder
reinventar o certo pelo errado.

(In GULLAR, Ferreira Alguma Parte, Ed. José Olimpio 2010)