sábado, 1 de novembro de 2008

Ler só faz bem.


Afogados da Ingazeira - Pernambuco - é destaque em leitura


O município de Afogados da Ingazeira, no Sertão, é um dos finalistas do Prêmio Vivaleitura 2008, na categoria escola pública ou privada, promovido pela Fundação Santillana. Desde o ano passado, quando foi iniciado o Programa Municipal de Incentivo à Leitura, alunos e professores das escolas mantidas pela prefeitura têm convivido com histórias, contos e livros. A iniciativa já rendeu frutos: cinco de sete escolas que foram avaliadas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do Ministério da Educação, tiveram melhorias nos indicadores educacionais.
“Além de democratizar o acesso às bibliotecas, investimos na formação dos professores para que atuem como mediadores de leitura”, explica a secretária de Educação, Rejane Barbosa. Das 40 escolas da rede municipal, dez dispõem de biblioteca. “Nas demais, criamos salas de leitura, mas a meta é criar, futuramente, uma biblioteca em cada colégio.” A Secretaria de Educação vai ganhar uma biblioteca. O espaço está pronto e o acervo já chegou. “Logo vai começar a funcionar”, observa. Parceria com duas editoras possibilitou a aquisição de livros.
A idéia é que o programa se transforme em lei. A Procuradoria Jurídica do município está com o texto do projeto de lei, que até o fim do ano deve ser encaminhado para a Câmara de Vereadores. “Se virar lei, o programa passa a ser uma iniciativa governamental, independentemente de quem estiver no poder”, enfatiza Rejane.
Criado para estimular e reconhecer as melhores experiências relacionadas à leitura, o Prêmio Vivaleitura é a maior premiação individual para despertar o interesse pela leitura na população e o único do gênero a ter uma duração garantida de 10 anos (2006 a 2016).
(Do Jornal do Commércio - 01/11/2008 Recife)