quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Ofereço aos novatos.


O Perfume - Patrick Süskind
O livro conta a história de um homem que possui um olfato muito apurado mas não possui cheiro próprio.
A história situa-se no século XVIII, em Paris, depois em Auvergne, em Montpellier, em Grasse e finalmente retorna a Paris. O protagonista, Jean-Baptiste Grenouille, nasceu no meio de tripas de peixe atrás de uma banca, onde a mãe, que algumas semanas depois foi executada por infanticídios, vendia peixe. Grenouille possui duas características excepcionais:
Ele não tem cheiro nenhum, o que assusta sua ama e as crianças com quem ele vivem no orfanato, mas que permite que ele passe totalmente despercebido. Durante a história, essa ausência de odor, de que ele se dá conta somente bem mais tarde, será compensada pela criação de perfumes mais ou menos atraentes, que Grenouille utiliza de acordo com as circunstâncias a fim de ser notado pelos outros.
Ele tem um olfato extremamente desenvolvido, o que lhe permite reconhecer os odores mais imperceptíveis. Conseguia cheirá–los por mais longe que estivessem e armazenava–os todos no seu nariz. Esse olfato é sua única fonte de alegria, que ele aproveita para confeccionar, sem a mínima experiência, perfumes de qualidade excepcional.


Benjamim - Chico Buarque de Holanda
Girando em torno da obsessão pela morte de uma mulher, um enigma na vida do protagonista, 'Benjamim', o segundo romance de Chico Buarque, narra a história de um ex-modelo fotográfico que, como uma câmara invisível, vê o mundo desfilar diante de seus olhos sob uma atmosfera opressiva. Sem conseguir distinguir o que vê fora de si do seu passado, e de si mesmo, Benjamim avança, pouco a pouco, em direção ao destino trágico que sua obsessão lhe reserva. O clima opressivo é resultado do próprio estilo de narrar.

1968 o Ano Que NãoTerminou - A aventura de uma geração - Zuenir Ventura
O livro “1968 O ano que não terminou: a aventura de uma geração” (Editora Nova Fronteira, 1988,314 páginas) é o resultado de 10 meses de trabalho e pesquisa do jornalista, que no melhor modelo de “jornalismo de reconstrução”, relata fidedignamente os acontecimentos e personagens do Brasil de 1968, evita tender para um dos lados, apontando falhas e exageros de todos os ângulos. Pode-se dizer que é um “livro de história”, com a diferença de possuir uma linguagem literária.Em meio a um irônico bom humor e visão aguçada, Zuenir relata a apaixonada ascensão do movimento estudantil e os prováveis erros da esquerda que culminaram no fatídico 13 de dezembro e o Ato Institucional número 5 (AI5). Passeia também pela atitude inconformada da mulher brasileira que deseja experimentar maiores liberdades e desvincular-se daquele modelo paternalista de casamento, que era o das gerações anteriores.

O General Em Seu Labirinto - Gabriel García Márquez
Conta os episódios da viagem pelo Rio Magdalena até a morte do libertador no dia 17 de dezembro. Feito a partir de documentos recolhidos e cartas de Bolíviar, Márquez mostra que, depois da independência, as jovens nações latino-americanas iniciaram um processo cíclico de guerras civisi, corrupção e subserviência às nações européias e à emergente nação norte-americana. Simón Bolívar foi hostilizado nos seus últimos dias. Hoje, as nações lhe rendem estátuas e homenagens, mas falharam em apoiar suas idéias num momento crucial, que poderia ter mudado o destino trágico da América Latina nos próximos anos.

Inventário - Elisa Lispector
"De olhos fechados, configurei, num jogo entre maravilhoso e aterrorizante, o nascer do mundo, o surgir da vida, a gelatina informe e incolor que seria a célula-mater da criação a pulsar pausada e intermitentemente. Comoventemente só e indefesa na desolação infinita do universo.

Pois havia chegado o dia em que viver tornou-se temerário. Perigoso o mínimo impulso."
(2 primeiros parágrafos do conto Inventário que dá nome ao livro.)


Fizemos Bem Em Resistir - Affonso Romano de Sant'Anna
50 crônica selecionadas das coletâneas A mulher madura,O homem que conheceu o amor,a raiz quadrada do absurdo, De que ri a Mona Lisa? E Mistérios gozos. Conforme diz A Romano:"a crônica éuma maneira de ver o mundo,escrevê-la é uma forma de participar e interferir no cotidiano."


Objecto Quase - José Saramago
6 contos, que variam entre absurdos, cômicos e líricos do autor português contemporâneo mais querido pelos brasileiros.

___________________________________________________________________
Estes livros estão sendo oferecidos aos novatos e ou quem estiver sem livro algum na comunidade LivroErrante.