terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Quarta-feira em poesia -


Suave da Vida

(Josué G. Araújo)

Suave é a alma,De quem ama o amor sonhado.
Suave é a calma,De um longo olhar enamorado.
Suave é a brisa,No varal soprando os panos.
Suave é a voz,Desfazendo os enganos.
Suave é o sol,Iluminando os nossos caminhos.
Suave é a lua,Fiel espiã dos nossos carinhos
Suave é à tarde,Quando os pássaros gorjeiam.
Suave é a carícia, Quando as musas nos rodeiam.
Suave é à noite,Quando Orfeu dedilha a lira.
Suave é o riso,Quando a gente sonha e delira.
Suave é o sono,De uma consciência pura.
Suave é o sonho,De quem mantém postura.
Suave é o despertar,De quem adormece ternamente.
Suave é a vida,De quem vive intensamente