domingo, 27 de janeiro de 2008

Palavra Final - Marçal Aquino- Inspirado em Sigmund Freud, Marcel Proust e Bernard Pivot


Sua vida daria um roteiro de cinema?
M.A:Talvez um filme B, desses de monstro barato
Qual seria o título de um livro sobre você?
M.A:Bem longo, como gosto: Um Dedo de Impossibilidade, Uma gota de Impaciência e um Bocado de Sorte e Incompreensão
Qual a sua palavra favorita?
M.A:Esplendor
O que o inspira?
M.A: A música do mundo e alguns mamíferos inesperados
Qual o seu lema?
M.A:"Nada é maior do que parece ser"
Seu maior medo?
M.A:Perder o interesse
Um vício?
M.A:Espionar personagens nas ruas
O que a vida de fumante ensinou a você?
M.A: A tossir
Em quem você daria uma surra?
M.A:Em ninguém;sou uma pessoa cordial
Qual foi o lugar mais estranho em que você fez amor?
M.A:Brasília
Seus idolos?
M.A:Não tenho
Que característica mais admira em si mesmo?
M.A:Aquilo que mais admiro nos outros; a incapacidade de se levar a sério demais.
E a característica que mais deplora em si mesmo?
M.A:A impaciência
Se não fosse jrnalista e escritor, que outra profissão seguiria?
M.A:Dono de um sebo bem caótico
Que profissão jamais gostaria de ter?
M.A:Guia (de qualquer coisa)
Frase favorita?
M.A:"Escrever não é necessariamente algo de que se deva sentir vergonha, mas faça-o com privacidade e lave as mãos depois" Robert Heinlein- autor americano de ficção científica -1907-1988)
O que escreveria em sua lápide?
M.A:"No fim deu nisso"
Se o céu existe, o que gostaria que Deus lhe dissesse quando chegasse lá?
M.A:"Perdão"______________________________________________________

Marçal Aquino: Nasceu em Amparo, interior de São Paulo.Tem 50 anos. Largou o cigarro reentemente, após 30 anos.
Carreira: é autor dos livros O Invasor, Ação Eu receberia As Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios, que roteirizou para o cinema sob a direção de Beto Brandt. é o roreirista de O Cheiro do Ralo, de Heitor Dhalia. sua novela Cabeça a Prêmio deve virar filme neste ano.
Entrevista concedida a Gisela Anauate - Revista Época. ed505 de 21/01/2008