quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Ciao, Carlos Drummond de Andrade (última crônica de)



Ciao foi publicada no dia 29 de setembro de 1984, no Caderno B do Jornal do Brasil. Era a despedida de Drummond do gênero crônica
 Página do caderno B do Jornal do Brasil, onde Drummond publicou sua última crônica














     Há 64 anos, um adolescente fascinado por papel impresso notou que, no andar térreo do prédio onde morava, um placar exibia a cada manhã a primeira página de um jornal modestíssimo, porém jornal. Não teve dúvida. Entrou e ofereceu os seus serviços ao diretor, que era, sozinho, todo o pessoal da redação. O homem olhou-o, cético, e perguntou:

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Carlos Drummond de Andrade na Voz de Belchior

Dentre os muitos admiradores de Carlos Drummond de Andrade, creio ter sido Belchior 
quem lhe prestou a melhor homenagem.  
Em 2004 o selo Cameratti com a Revista Caras e  Belchior lançaram o 
Projeto As Várias Caras de Drummond.  
O projeto consiste de 1 álbum com 31 poemas musicados por Belchior e um livro com 
31 desenhos do poeta feitos pelo cantor fã.




Selo Cameratti, junto com a revista “Caras”, em novembro de 2004.

CD 1
1. Sentimental
2. Lagoa
3. Concerto
4. Cota zero
5. Liquidação
7. Quando desejos outros é que falam
8. Toada de amor
9. Lanterna Mágica
10. Orion
11. Poema que aconteceu
14. Ar
15. Política literária
16. Poesia
CD 2
2. Arte poética
3. Os inocentes do Leblon
5. Cidadezinha qualquer
6. Cantiguinha
7. Boca
8. Ainda que mal
10. Serenata
11. Nova canção do exílio
12. Sweet home
13. Rosa rosae
14 – Mosaico de Manoel Bandeira
15 – No banco de jardim

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Sentimental,Belchior e Carlos Drummond de Andrade




Sentimental Ponho-me a escrever teu nome com letras de macarrão. No prato, a sopa esfria, cheia de escamas e debruçados na mesa todos contemplam esse romântico trabalho. Desgraçadamente falta uma letra, uma letra somente para acabar teu nome! – Estás sonhando? Olhe que a sopa esfria!
Eu estava sonhando… E há em todas as consciências, um cartaz amarelo: “Nesse país é proibido sonhar.” – Carlos Drummond de Andrade, do livro “As impurezas do branco” (1973).

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Desafio do Facebook: 7 Dias 7 Capas de Livros Que Impactaram

Recebi de Letícia (MG) o desafio de postar durante 7 dias, a capa de 1 livro que tenha sido muito importante para mim.  Dia 1:  Pai Patrão, de Gavino Ledda . 

Livro e autor estão neste blog numa postagem de 2009.

Gavino Ledda (Sigilo, Sassari, 1938) hoje prefere ser chamado de Gaínu de sos Agues (Gavino dos Ágües, referência a um povo que habitou que habitou a Sardenha durante a idade do Bronze). Filho de um pequeno proprietário rural, escreveu como pastor no interior da ilha. Analfabeto até perto de seus vinte anos, resolveu estudar e mudar o rumo de sua vida. Formou-se em lingüística em 1961, em Roma. Pai patrão, seu primeiro romance (1975), narra em primeira pessoa a infância usurpada de um menino que é obrigado a deixar a escola com 6 anos de idade para ajudar o pai no patoreio e na lavoura. A dura vida do campo e a luta pela construção de uma personalidade independente são narradas com extrema pujança entremeada por poéticos momentos de contato com a natureza da Sardenha, ela própria um personagem. A trajetória levará o garoto a buscar, como pode, alfabetizar-se, aprender italiano, estudar, enfim: enriquecer-se culturalmente para conquistar o espaço de sua individualidade para além das pré-determinações da autoridade patriarcal e da vida e dos costumes da aldeia, que se lhe apresentam com força de "destino". O livro tornou-se mundialmente famoso, especialmente após o filme homônimo dos irmãos Taviani, nele inspirado, que ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1977 (site da Saraiva)

Dia 2 : A Arte da Felicidade, de Dalai Lama e Howard C.Cutler (Martins Fontes, 2011)


Recomendo o livro para quem tem ou não alguma crença religiosa, mas especialmente para cristãos evangélicos.

O propósito de nossa existência é buscar a felicidade. Parece senso comum, e pensadores ocidentais como Aristóteles e William James concordaram com a idéia. No entanto, a visão que se apresenta nesta obra é uma visão de felicidade como um objetivo verdadeiro, um objetivo para a realização do qual podemos dar passos positivos. Neste livro estão relatadas longas conversas com o Dalai-Lama as quais constituem a base desta obra, com o objetivo expresso da colaboração num projeto que apresentaria suas opiniões sobre como levar uma vida mais feliz, acrescidas das próprias observações do autor a partir da perspectiva de um psiquiatra ocidental. ( site da Saraiva)

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

De Braulio Bessa aos Professores - out.2018




     Não sei fazer poemas. Aproveito, então, o talento de Bráulio Bessa, para deixar meu abraço aos professores em geral e especialmente para D.Elita que me alfabetizou;  minha irmã Cema; minha cunhada e professora também de vida, Edinha; Prof. Antônio de TGA da UFPE; prof. Oswaldo, hoje meu amigo e mais o recente, prof. Enéas que gosta muito do que faz e faz bem.   Meu carinho imenso por todos vocês.

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

O Post Mais Odiado do Mundo, Roberta Maropo



     
      Sim, estou escrevendo esse post pra fazer todos infelizes. Desculpem. Mas estou de saco cheio. É revoltante ver pessoas inteligentes proferirem discursos de ódio contra outras pessoas. Amigo, estamos divididos nesse embate ideológico, e tudo o que o Brasil menos precisa é disso.
      Honestamente, eu entendo o eleitor médio de Bolsonaro. Descarte os extremistas, aquele pessoal mal educado que não representa os milhões de pessoas que votaram nele. Esqueça o seu "bolsominion secreto". Pense nas outras pessoas com família que com sufoco pagam seus impostos, que estão cansadas de serem enganadas a despeito de fazerem tudo correto. São pessoas que fizeram esse voto de protesto, a maioria consciente do estrupício que Bolsonaro é, mas convenhamos, não temos nenhum santo aqui. Não se preocupe que elas não querem colocar uma arma na sua cara nem banir você da sociedade por ser negro, homossexual ou mulher. Não defendem fascismo e vão colocar Bolsonaro pra fora igual a você se ele surtar no governo. Então calma, não tente prever um futuro negro que não aconteceu, que você não é vidente. 

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

No Alto, Machado de Assis

O poeta chegara ao alto da montanha,
E quando ia a descer a vertente do oeste,
Viu uma cousa estranha,
Uma figura má.
Então, volvendo o olhar ao subtil, ao celeste,
Ao gracioso Ariel, que de baixo o acompanha,
Num tom medroso e agreste
Pergunta o que será.
Como se perde no ar um som festivo e doce,
Ou bem como se fosse
Um pensamento vão,
Ariel se desfez sem lhe dar mais resposta.
Para descer a encosta
O outro lhe deu a mão.

Imagem: Center Brasil 

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Contratado Pelo Sevilla Por Causa de Um Livro


  

No futebol a maioria das negociações se deve pelos atributos técnicos do jogador. No entanto, o goleiro tcheco Tomás Vaclík foi contratado pelo Sevilla por um motivo extra-campo. Uma foto do jogador lendo um livro chegou até a diretoria do time espanhol, de modo que o clube se interessou em obter o atleta. Ele foi anunciado no time comandado por Pablo Machín em julho deste ano.
    
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...