sexta-feira, 30 de junho de 2017

Melodia Mortal de Pedro Bandeira e Guido Carlos Levi



    Um grupo de 12 médicos com especializações diversas têm em comum o gosto pelo detetive mais famoso do mundo, o inglês Sherlock Holmes. Esse grupo se reúne para conversar abobrinhas, mas, principalmente, para investigar sobre a morte de compositores renomados. Como fez Sherlock em tempos passados. Os médicos Sherlockianos, consideram-se também investigadores. Afinal o que fazem os médicos senão investigar as causas de um mal relatado? E já que são investigadores, por que não aproveitar seus  conhecimentos para descobrir a causa da morte de Mozart, Schumann, Beethoven, por exemplo?  

    Será que houve um suicidou mesmo? Aquele grande compositor foi envenenado? Não foi   diabetes que vitimou aquele outro? A sífilis, não teria levado precocemente tão brilhante artista ?  As investigações anteriormente feitas por S.H e narradas por seu fiel admirador e auxiliar Watson foram conclusivas? O que esses médicos, agora com mais conhecimentos, poderiam esclarecer?
    É o que traz Pedro Bandeira em seu livro de estreia para o público adulto e que eu indico à geração que acompanhou Os Karas.   
Muitos anos  depois de encantar várias gerações com um simpático grupo de adolescentes curiosos, amigos e inventivos,  Pedro Bandeira se une ao médico Guido Carlos Levi para  reinventar um grupo da mesma forma curiosa e amiga. Na minha opinião, Os Médicos Sherlokianos são os Karas em edição revista e ampliada. Ah, preciso esclarecer que os autores trazem informações históricas, inclusive da história da medicina, turísticas, gastronômicas
 e musicais bastante interessantes. Eles contaram também com a participação de Dr.Watson e deram uma ponta a Freud.
    Vale muito conferir. Ah, sugiro ao leitor entrar no clima e investigar se o livro não traz uma ou outra referência...