sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Segunda-feira poética: Cantiga Para Não Morrer, Ferreira Gullar

Quando for for se embora

moça branca como a neve
me leve

Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve
me leve no coração.

Se no coração não possa
por acaso me levar,
moça de sonho e de neve,
me leve no seu lembrar.

E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento
menina branca de neve
me leve no esquecimento

In Os melhores poemas de Ferreira Gullar,sel. Alfredo Bosi, Global editora,pág.98