domingo, 21 de junho de 2015

Segunda-feira poética: Elisa Lucinda





Saudade



Meu Brasil partiu

lá pro meio de Los Angeles

Foi falar língua espanhola

foi sumir não sei pra onde

Meu Brasil foi sentir frio

lá no meio de Los Angeles

a 20 graus abaixo de zero

e eu choro de tanto esmero

Meu Brasil foi pra Los Angeles

Nem notícias nem telefone

Me deixou sem nome

Rose,Carina,Solange

Foi cantar no microfone

lá pras moças da América

Eu fiquei patética

sem rima, sem métrica

perdi a estética

Meu Brasil partiu

saiu  pra Los Angeles

Meu peru

meu  panetone

ciclone do meu Natal

Meu Brasil internacional
Me deixou pasmada

sem cheiro, sem beijo

me deixou tão só

sem aviso, sem  jeito

sem dó

Me deixou ressabiada

tão  garganta, tão nó

Me deixou tão largada, tão passada

tão  Maceió.



O Semelhante, Elisa Lucinda – 5ª edição – Rio de janeiro: Record, 2006