sexta-feira, 24 de outubro de 2014

A Festa de Ziraldo, C.D. da Andrade

Vou à festa de Ziraldo,

vou levando o Jeremias.
Ziraldo vai me mostrando
o tom de Flicts da Lua.
Jeremias, meu compadre,
meu anjo da guarda de óculos,
dá uma de milagreiro
fazendo que a supermãe
largue o súper,se tornando
mãe comum ao natural.
A festa vai esquentando
dentro e fora da piscina.
Jeremias e Ziraldo
ao soar a concertina
já se tornam jerizaldo
e Ziralmias, no caos?
Entra a Rainha, entra o Príncipe
da Grã -Britânia ou Caxias,
entra toda a macacada
com sentido na cerveja,
no hot-dog e n restante
quese pega ou se fereja,
mas Ziraldo, ziraldando,
e Jeremias, quebrando
o galho de toda gente,
me mostram que a melhor festa,
de todas a mais bacana,
inserida no contexto,
está nos livros-mandinga,
nos cartoons,bonecos, bolos
incomparáveis de um certo
mineiro de Caratinga.