quarta-feira, 4 de junho de 2014

A Paixão da Sua Vida, Marina Colasanti

                                                         

 











     Amava a morte. Mas não era correspondido.
     Tomou veneno.  Atirou-se de pontes. Aspirou gás.
Sempre ela o rejeitava, recusando-lhe o abraço.
     Quando finalmente desistiu da paixão entregando-se à vida, a morte, enciumada, estourou-lhe o coração.


Em: Um Espinho de Marfim e outras histórias
Ed. LePM 1999