sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Arrasando na terceira idade: Livraria Cultura

A  Livraria Cultura, que completa 66 anos de atividades no Brasil. Começou com  Eva Herz, alemã que chegou no país em 1933. Eva  inicialmente emprestava os poucos livros que possuía. A partir de 1947 começou a alugá-los e, tendo em vista o sucesso da iniciativa, três anos depois, em 1950 começou a vender  seus livros. Eram livros importados, em alemão. Em 1969 abriu uma pequena livraria num espaço de sua própria casa. No  ano seguinte chegou ao Conjunto Nacional (SP) e em 1973 foi inaugurada a primeira, do atual conjunto de 17, lojas.  A Livraria  de São Paulo, que fica na Av. Paulista é a maior do país. A partir de 2008 a livraria deu início a um novo conceito de livraria. Com a Cia. das Letras abriu uma loja (SP) que vende somente livros dessa editora. É a Cia das Letras por Livraria Cultura. Lá está todo o catálogo de 2,5 mil títulos da Cia das Letras.  Esse formato de varejo customizado, está também na loja: Instituto Moreira Sales por Livraria Cultura e na mais recente: Record por Livraria Cultura. É a única livraria do mundo a ter todo o acervo de uma editora.
A Sra. Eva Herz, falecida em 2011, não chegou a saber que sua pequena livraria tornou-se uma gigante no mercado em acervo e inovação.  A alemã Eva Herz, nomeia os teatros que existem em algumas de suas lojas: a do Conj. Nacional (SP),Salvador, Brasília, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro.   

Leia entrevista com Pedro Herz,que está no comando da Livraria Cultura.


Ao lado o casal  Eva e Kurt Herz com Pedro Herz em pé atrás.