terça-feira, 5 de março de 2013

Empreste seu livro!

Guarda seu livro na estante e por anos a fio ele fica lá sem releitura, sem nenhuma função além de tomar espeço e dar trabalho na mudança? 
Que tal fazer seu livro circular?  
Doe,  empreste! Outras pessoas poderão ler, aprender e apreciar tanto quanto você.
 Há 5 anos faço parte de um grupo de leitura cujos livros circulam por mais de uma cidade, são enviados pelos correios e são lidos por mais de uma pessoa.  Hoje enviei O Filho de Mil Homens, do escritor angolano Valter Hugo Mãe.   O livro seguiu para Fortaleza, depois vai ser enviado para São Paulo de onde sai para Espírito Santo  de onde o leitor  enviará para o Rio Grande do Sul e, por fim, voltará pra mim. Mas se outra pessoa pedir O Filho de Mil Homens, mudará de rota e terá mais leitor.  Eu adorei o livro, e todos os que me pediram desconhecem o autor. Fico feliz em aprensentá-lo e mais feliz ainda se gostarem. Se eu não emprestasse não teria com quem comentar.