terça-feira, 5 de março de 2013

Empreste seu livro!

Guarda seu livro na estante e por anos a fio ele fica lá sem releitura, sem nenhuma função além de tomar espeço e dar trabalho na mudança? 
Que tal fazer seu livro circular?  
Doe,  empreste! Outras pessoas poderão ler, aprender e apreciar tanto quanto você.
 Há 5 anos faço parte de um grupo de leitura cujos livros circulam por mais de uma cidade, são enviados pelos correios e são lidos por mais de uma pessoa.  Hoje enviei O Filho de Mil Homens, do escritor angolano Valter Hugo Mãe.   O livro seguiu para Fortaleza, depois vai ser enviado para São Paulo de onde sai para Espírito Santo  de onde o leitor  enviará para o Rio Grande do Sul e, por fim, voltará pra mim. Mas se outra pessoa pedir O Filho de Mil Homens, mudará de rota e terá mais leitor.  Eu adorei o livro, e todos os que me pediram desconhecem o autor. Fico feliz em aprensentá-lo e mais feliz ainda se gostarem. Se eu não emprestasse não teria com quem comentar. 



2 comentários:

  1. Simples e singelo. A leitura circula e a amizade também. Tenho o maior orgulho quando recebo e envio um livro. Enviar mimos é uma oportunidade única, pois a pessoa que leu o livro nunca esquece e quando recebemos vem recheado de bilhetes gratificantes. É uma delícia! E se alguém pergunta sobre o livro, eu explico que é um 'errante' com o maior prazer! "O filho de mil homens" será muito bem recebido na terrinha. Aguardo ansiosa. Vinde!

    ResponderExcluir
  2. Aqui do meu lado direito, tem duas caixas com livros que vou levar pra uma biblioteca. tenho uns separados pra deixar abandonados em praça pública. Tenho o maior prazer em compartilhar. Espero que goste de Valter Hugo Mãe. Nesse livro ele está melhor, porque separou-se do estilo Saramago,beijo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...