sábado, 19 de novembro de 2011

Crônica cantada: Tic Tic Nervoso, Kid Vinil


Tic tic Nervoso
Kid Vinil
Estou preso no trânsito
Com pouca gasolina
O calor tá de rachar
E lá fora é só buzina...
Perdi o meu emprego
Que já era mixaria
E ontem fui assaltado
Em plena luz do dia...
Isso me dá
Tic Tic! Nervoso
Tic Tic! Nervoso
Tic Tic! Nervoso...(2x)
E quando chego em casa
É aquela baixaria
As contas estão vencidas
E a geladeira tá vazia...
Encontro uma garota
Um tremendo avião
Pergunto o seu nome
Ela me diz que é João...
Isso me dá
Tic Tic! Nervoso
Tic Tic! Nervoso
Tic Tic! Nervoso...(2x)
Eu sempre me achei
Um rapaz normal
Que esse papo de analista
Fosse coisa pra boçal...
Agora me chamam de esquisito
E sujeito atrapalhado
Só por causa desse meu jeito
Todo torcido assim pro lado...
É que eu fiquei com
Tic Tic! Nervoso
Tic Tic! Nervoso
Tic Tic! Nervoso...(2x)
Estou preso no trânsito
Com pouca gasolina
O calor tá de rachar
E lá fora é só buzina...
Antigamente todos tinham
Esperança de vencer
E acontece que hoje em dia
Não dá mais prá se viver...
Viver sem ter
Tic Tic! Nervoso
Tic Tic! Nervoso
Tic Tic! Nervoso..