domingo, 11 de setembro de 2011

Falta biblioteca no Recife

Acreditem, a capital de Pernambuco tem apenas 3 bibliotecas públicas.  Uma delas, a maior e mais antiga, fica no Parque Treze de Maio: Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco . As outras duas estão nos bairros de Afogados e Casa Amarela, zonas oeste e norte da cidade, respectivamente.  Estas duas últimas existem desde os anos 50 e são da Prefeitura da Cidade do Recife.  As duas bibliotecas municipais são pequenas e simples mas muito organizadas e ativas. A Biblioteca Popular de Afogados recentemente criou o Pegue&Leve. Como forma de incentivar a leitura, mensalmente, expõe os livros que tem duplicatas no acervo e quem quiser pode levá-lo para casa.  A iniciativa, por bem sucedida, foi copiada pela Biblioteca Popular de Casa Amarela.  As duas bibliotecas vão além do simples emprestar e receber de volta exemplares de livros. Afogados tem concursos de poesia e contos, espaço infantil, contação de estórias, colônia de férias e aulas de reforço escolar.  Casa Amarela também tem espaço infantil e contação de estórias.
Vamos ver  sob a ótica quantitativa: a cidade do Recife, tem pouco mais de 1 milhão e meio de habitantes, separados em 94 bairros.   São, portanto, 31.914 habitantes  ou 31 bairros por biblioteca em números arredondados.
Recife, é, pois carente de bibiliotecas públicas.  O  professor  Lourival Pereira (CIn-UFPE) chama a atenção para o fato de que as duas bibliotecas demandam juntas e anualmente ao município R$40.000,00. Valor 6 vezes menor que o gasto pela prefeitura do Recife com a decoração da cidade para o último carnaval.

(Dados tirados do Jornal do Commercio de 11.09.11-Nathalia Pereiranpereira@jc.com.br)

 Biblioteca Popular de Casa Amarela
Rua Major Afonso Leal s/n
Casa Amarela
Fone: 81 3355 3130 
(Imagem:site da Prefeitura do Recife)








Biblioteca Popular de Afogados
Rua Jacira s/n - Afogados
Fones: 81 3355 3122 e 3355 3123

(Imagem: site da Prefeitura do Recife)
 


5 comentários:

  1. Regina,
    Em BH temos a Biblioteca Pública Estadual Luís de Bessa, mas no âmbito municipal não. Temos bibliotecas comunitárias e agora os centros de cultura que possuem bibliotecas e bibliotecários concursados.
    Realmente há muito que se fazer, mas sinceramente, não tenho muitas esperanças.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Letícia: aqui existem outras biblioteca: pequenas, de iniciativas individuais, improvisadas etc. conheci a de Afogados na minha adolescência e devo a ela a leitura de quase toda a obra de Érico Veríssimo, por exemplo. Professor do Centro de Informática não dá trégua e sempre fala nesse fato.Nessa carência. Saber que uma decoração de carnaval custou 6 vezes mais que as duas bibliotecas juntas, dói. decepciona e desanima.
    Não imaginava que aí também houvesse a mesma carência.
    Abraço solidário.
    Regina

    ResponderExcluir
  3. REGINA,
    Aqui no Rio de Janeiro,
    temos bibliotecas nos
    principais bairros da
    cidade. No site do
    Município,constam 31
    Bibliotecas Populares
    Municipais.Não sei
    dizer como está a
    situação nas cidades
    do interior do Estado.

    Em São Paulo(cidade),
    existe um Sistema de
    Extensão das Bibliotecas
    da Cidade de São Paulo.
    São os ÔNIBUS-BIBLIOTECAS.
    Sou fã deste projeto. Eles
    têm um blog. Eu acompanho
    a programação todo o mês.
    Além do empréstimo de livros,
    eles promovem, em bairros
    distantes, eventos como:
    saraus, contação de histórias,
    espetáculos teatrais,musicais,
    cinema, oficina, dança...

    http://onibus-biblioteca.
    blogspot.com (vale a pena
    fazer uma visita/ sou
    seguidora)

    Regina, Só falei, aqui, de
    capitais (RIO e SP). Sei
    que é triste a situação
    em grande parte do Brasil.
    Falta vontade política
    para mudar este quadro.
    Bj
    Cristina Sá do blog:
    http://cristinasaliteraturainfantilejuvenil.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...