domingo, 27 de fevereiro de 2011

Flores para Moacyr

Não vou postar nada sobre Moacyr Scliar, recentemente falecido. Toda a imprensa vai fazer isso muito melhor que eu. Datas, obras, tudo pode ser encontrado a um clic da mão de qualquer pessoa.
Venho aqui apenas pra dizer de minha tristeza. Tinha enorme carinho pelo gaucho que conheci em crônicas da Folha de São Paulo e depois pelo livro O Texto, ou: A Vida emprestado por outro gaucho. Moacyr Scliar me passava a ideia de uma pessoa generosa e que gostava de procurar pelo começo das coisas. Parecia ter tomado para si, na vida, alguns procedimentos da medicina. O buscar dos porquês. Não nego que pode parecer infantil  mas além de gostar do escritor, gostava da pessoa pelo que me parecia ser o Moacyr.
Então escolhi flores para me despedir dele. Girassóis, minha flor predileta porque busca naturalmente a luz e, generosa, transmite beleza e energia.  Obrigada, carequinha.
Meus girassóis pra você.
Regina