sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Contados, Astuciados,Sucedidos e Acontecidos do Brasil, José Cândido de Carvalho

Uma Questão de Vida ou de Gravata Borboleta
De José Cândido  de Carvalho em Porque Lulu Bergantim não  atravessou o  Rubicon

    O Môço Abreu Pestana montou, na Rua da Imperatyriz, banca de doutor em leis, chegado do Rio  e aparelhado para defender, no  civil e fora do  civil, qualquer causa por mais pau-de-formiga que fôsse. Era em São Félix, cidadezinha que vivia a bem  dizer das tetas de léguas em  derredor. Era branquinha de leite, com jardim de passear e igreja de rezar. O  dono de tôda essa ostentação morava no Beco do Cravo, em  casarão que vinha do mais recuado antigamente, o Major Leleu Calaça. Valia o major por um  saco de surucucus. O povo, contaminado de susto, passava diante de sua varanda em jeito  de vírgula, cabeça rebaixada,  quase na ponta do pé. Mas o môço abreu Pestana, doutor novinho em  fôlha, deixou de lado a fama do major e aceitou cobrar umas contas muito  dormidas dêle.Quando, no meio  da barba, no Salão Royal, Pestana assevereou que ia demandar contra Major Leleu Calaça, o  barbeiro, navalha no  ar, parou seu escanhoar. E recuando:
     -Virgem mãe! Não  cometa tal dislate!
     Mas o doutor cometeu e ganhou. O major teve que pagar tudo na bôca do  cofre, sem um  ai,sem um  gemido. Na asa dessa vitória a coragem do môço inchou. E inchando mandou fazer tabuleta que colocou no  consultório da Rua da Imperatriz. A tabuleta ria por cima dêsses dizeres:
       _______________________________
   DR.ABREU PESTANA ACEITA TUDO
 QUE É CAUSA. MESMO CONTRA O
           MAJOR LELEU  CALAÇA.              
     ______________________________
     O entêrro do môço veio logo em  seguimento. Tempos depois, em  conversa de varanda, o major afiançou que a morte do  doutorzinho não  teve raiz na demanda da Justiça nem no  desafôro da tabuleta. Foi motivada por falta de respeito. E clareando a dúvida:
     Onde já se viu um  sujeito aparecer em São Félix com aquela sem-vergonheza dependurada no pescoço, heim?
      A sem-vergonheza era uma gravata. A gravata borboleta do  doutor.

Nota: o blog manteve a grafia original