terça-feira, 20 de julho de 2010

Poder da risada

Leio enquanto espero minha vez de ser atendida em  consultório e minha leitura sendo A Tecelã de Sonhos, dou boas risadas. Como não passei despercebida porque a sala de espera é minúscula e o  riso é frequente, Aida, sentada à minha frente se mostra curiosa. Mostro o  que me faz rir, cito outro livro da autora e a conversa está entabulada, que mulher é muito  boa nisso. Puxa, como a gente fala! Descobrimos o  quanto e como lemos e nisso  já entraram na conversa outra cliente e a simpática atendente do  dentista. Mais conversa e ela anota o nome deste e de outro livro que sugeri e está na minha lista exposta neste blog. Ela me sugere: A Última Grande Lição de Mitch Albom. Me fala que existe o  filme mas tendo lido não quis correr o  risco de achar que o  filme não  fez jus ao  livro. Concordo que escolho  apenas um, cinema ou leitura, pela mesma razão.  Mais  conversa, e o  assunto já é neto... com  alguns intervalos de silêncio  coletivo.  Aida, simpaticíssima e solícita, depois de conhecer o  que é a comunidade LivroErrante, gostou da ideia de não  deixar livro parado e, gentilmente, comprometeu-se a emprestar o livro A Última Grande Lição para mim. Trocamos telefones e ela hoje deve ter deixado o  exemplar com Catarina e eu  vou pegá-lo na próxima sexta feira, quando  voltar ao  consultório. Pelo combinado, terminada a leitura,devolvo  no  consultório  do  dentista.  O que faz um  bom livro aliado a umas boas risadas!