terça-feira, 17 de novembro de 2009

Serelepe, o esquilo de Paul McCartney

Serelepe, o esquilo, está empoleirado em seu ramo preferido comendo nozes de um saquinho, enquanto escuta sua mãe, Calda de Açúcar, contando histórias. É como comer pipocas e assistir a um bom filme. Ela fala de um lugar que fica numa ilha tropical, onde os animais vivem sem nenhuma preocupação, a Animália.

Serelepe sorri. As coisas por aqui também não são más: um ventinho fresco de verão, uma boa história e nozes bem crocantes. Muito diferente de Megatrópolis. Levanta os olhos para a tenebrosa silhueta da cidade no horizonte, envolvida pela poluição.
Espalhados pelos ramos das árvores, como notas musicais numa pauta, estão os habitantes da Floresta, todos encantados pelas palavras de Calda de Açúcar. Todos, não. Menos Ronca-ronca, a coruja, que está fazendo o que ela faz de melhor durante o dia: ressonando levemente. Não é por nada. É que ela é um pássaro noturno.  ...

Trecho  do  livro infantil
Lá No alto  das Nuvens,Paul McCartney, Philip Ardagh, Geoff Dunbar
Ed.Planeta, 96 páginas