quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Mônica e Cebolinha cresceram


Sabe aquela mistura de sentimentos porque a gente passa quando vê que nossos filhos estão mais altos, já não têm a mesma voz? Dá um orgulho danado mas, admitamos, um pouco de nostalgia também.
Acaba de me acontecer agora que vejo Mônica e Cebolinha crescidos. Ela tão lindinha, ele uma graça. Aahhh tá certo, tá certo. São gibis apenas. Mas todas nós somos as mães da turma inteira. Tenho imenso carinho pelos personagens de Maurício de Souza. Todos eles povoaram a infância de meus filhos; Algumas vezes jantaram lá em casa. Sim, claro invisíveis para mim, mas bem recebidos como se verdadeiros fossem já que presentes na imaginação de Suzi e Marcelo 3 e 2 anos respectivamente.
Bem, fiquei emocionada em ver a capa do livrinho com o primeiro beijo da Mônica. Mas que deu uma saudadezinha deu sim.