quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Vidas Secas - 70 anos


VIDAS SECAS
de Graciliano Ramos aniversaria: 70 anos!!

O que faz um livro tão duro, por verdadeiro e conciso, chegar à 106ª edição? Por que Graciliano com aquele jeitão seco, direto e sem poesia, prende e encanta qualquer leitor? Relendo, e faço isso com certa feqüência, seus livros sempre encontro novidades.
Pela ordem, Quebrangulo, Palmeira dos Índios, Maceió e o país não têm nenhum débito com um de seus melhores (para mim, o melhor) escritores? Escola municipal/estadual; rua, avenida,Graciliano Ramos? Seus relatórios administrativos, enviados ao Governo do Estado de Alagoas, não seriam cartilhas de leitura obrigatória a nossos governantes?
E a Editora Record? por que não uma edição comemorativa dos 70 anos de Vidas Secas?

10 comentários:

  1. Obrigado pelo comentário. Tenho um blog com amigos que acho que você gostará: http://santomefisto.blogspot.com


    quanto a idéia do livro errante, bastante ousada. mas ainda sou bastante cético quanto ao real êxito numa cidade com tão pouco alfabetizados literariamente. mas parabéns pelo idealismo. afinal, sempre tem alguém que nos surpreende e realmente lê o livro e o repassa.

    ResponderExcluir
  2. Thiago:
    Tenho grande simpatia por dom Quixote.

    ResponderExcluir
  3. Uma vez por ano, releio Vidas Secas...

    ResponderExcluir
  4. Regina,
    Descobri só recentemente que a família de meu pai (83 anos) foi retirante. Imaginava que tinham vindo de Itabuna/BA, mas o caminho foi mais longo... Hoje todos instalados no Estado do Rio de Janeiro. A vida do brasileiro tem sido um caminho em descobertas, e ninguém melhor que Graciliano o retratou.
    Parabéns a proposta do LIVRO ERRANTE que coloca em prática diuturnamente o gosto da leitura, sinônimo de conhecimento tão necessário a este povo retirante...
    Boa dia a todos!

    ResponderExcluir
  5. Li Vidas Secas quando estava na sétima série. Provocou grande impacto em mim e recordo até hoje as impressões fortes que tirei dessa leitura.

    ResponderExcluir
  6. Caro Diom,
    Sugiro que leia os outros livros de Graciliano Ramos;
    Abraço
    L.E

    ResponderExcluir
  7. Que livro bom de ler... Tô viciando em Graciliano Ramos!! =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Adorei este livro, é um retrato da realidade em que vive os nordestinos, principalmente os que saem do sertão em busca de dias melhores, suas lembranças, suas perdas, acho que esta é uma leitura obrigatória para se conhecer um pouco deste pais sofrido e cheio de desigualdades.

    ResponderExcluir
  9. Achei este livro fantástico, retratar a realidade de um nordeste sofrido, principalmente dos que partem do sertão, deveria ser uma leitura obrigatória, para que se possa conhecer melhor este pais de gente sofrida.

    ResponderExcluir
  10. Laura,
    Graciliano é imperdível.Caso queira leros outros ou algum especificamente, avisa que lhe coloco no grupo que está em andamento e é dedicado a ele.
    Abraço
    L.E

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...